quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Onde está o erro?

Este é um conteúdo fictício, qualquer semelhança com a realidade, é mera verdade que não ocorreu.

"Excelentíssimo senhor futuro presidente do brasil, sou um homem trabalhador e venho por meio desta dizer que tudo o que ouço na televisão em vosso discurso, soa como a mais pura essência da IPOCRESIA...."

Réplica do candidato(a): "Caro senhor eleitor, antes de discorrer sobre o meu discurso, gostaria de fazer uma correção, a palavra que o senhor colocou logo no início da correspondência, a qual estou respondendo, veio com a grafia incorreta, o correto é HIPOCRISIA, com H no começo.
A proposta do nosso governo é....."

Tréplica do eleitor: " Me desculpe senhor, por mostrar além de outras, esta ignorância, apesar de não ter errado. A fome que me acometia enquanto escrevia a correspondência anterior, acabou por me fazer comer o H de Hipocrisia, o que muito encomodou o senhor. Mas note também que não esqueci do H que vem no início da palavra Homem, a qual me refiro à criação digna em condições precárias dada por minha mãe, sob o comando de poder abusivo dos políticos, desvios das verba de saúde pública e até mesmo da escola a qual eu deveria ter concluído para não cometer erros famintos como estes. Me perdoa por ter fome e acabar por comer as letras do seu português, mas no meu café da manhã, almoço e janta, infelizmente faltaram todas as letras."




Qual palavra está errada antes que consigamos escrever com todas as letras a palavra MUDANÇ?

domingo, 19 de setembro de 2010

eu, errante
dei-me o direito de errar
sem precisar, depois,
dar com a cabeça em muro de lamentações
já derrubado
após sucessivos choques
disparatados
de outrora.

distraído,
disparo versos sobre a folha,
a caneta,
pra não apagar.
dei-me direito do errante,
do andarilho,
cavalheiro andante,
que cochila em um banco
em liberdade,
que é esta página em branco.

BH, 23 de agosto